65 3054 5323 Av. Ten. Coronel Duarte, 1585
Dom Aquino - Cuiabá / MT

Gado Facil

Notícias
Boi gordo: frigoríficos começam a armar as estratégias de compra de boiadas após reabertura do mercado chinês

A notícia de reabertura do mercado chinês aos exportadores de carne bovina está sendo comemorada por todos os elos da cadeia pecuária brasileira, destaca nesta quarta-feira, 15 de dezembro, o boletim pecuário da Scot Consultoria, de Bebedouro.

Na manhã de hoje, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou o retorno da produção e certificação sanitária de carne bovina com destino à China.
A exportação estava suspensa desde 4 de setembro, quando foram confirmados a existência de dois casos atípicos da doença da vaca louca, nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso.

Com a notícia, relata a Scot Consultoria, boa parte dos frigoríficos ficou fora das compras de boiadas gordas, para traçar estratégias para os próximos dias.
Com isso, nas praças de São Paulo, os preços dos animais terminados ficaram estáveis nesta quarta-feira, apurou a Scot.

Assim, o boi gordo continua valendo R$ 312/@, enquanto a vaca e a novilha prontas para abate são negociadas a 293/@ e R$ 305/@, respectivamente (valores bruto e a prazo), segundo dados da Scot.
De janeiro a novembro de 2021, o Brasil faturou US$ 3,8 bilhões com a exportação de carne bovina in natura para China, acumulado embarques de 716,2 mil toneladas.

Esse faturamento e volume representam, respectivamente, 52,5% e 50% na participação de toda a carne in natura exportada pelo Brasil.

Em nota divulgada nesta quarta-feira ao mercado, a Marfrig Global Foods, segundo maior frigorífico do País, atrás da JBS, destacou a retomada dos embarques ao mercado chinês.

“A Marfrig é a empresa com maior número de plantas habilitadas para a China da América do Sul, com treze plantas, sendo que o Brasil possui sete habilitações, seguido do Uruguai, com quatro, e Argentina, com duas”, informou.

No mercado interno, consumo segue fraco – Na última semana, o mercado atacadista paulista de carne bovina não apresentou o desempenho esperado para a primeira semana do mês nas vendas, mesmo com o pagamento dos salários aos trabalhadores, reforçados pela primeira parcela do 13º, relata a Agrifatto.

“Consequentemente, observou-se uma oferta de mercadorias superior à demanda dos varejistas, o que levou a sobras e devoluções”, informa a consultoria.

Com a morosidade na demanda, o mercado de carne bovina segue estagnado, com a carcaça casada bovina encerrando a semana cotada na média de R$ 19,71/kg, recuando 0,30% no comparativo semanal.

“Considerando que estamos falando da primeira semana do mês, este é um resultado que levanta preocupações sobre a liquidez da proteína bovina neste patamar”, ressalta a Agrifatto.

Cotações máximas de terça-feira, 14 de dezembro, segundo dados da IHS Markit:

SP-Noroeste:

boi a R$ 310/@ (prazo)
vaca a R$ 291/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 305/@ (à vista)
vaca a R$ 289/@ (à vista)

MS-C.Grande:

boi a R$ 298/@ (prazo)
vaca a R$ 286/@ (prazo)

MS-Três Lagoas:

boi a R$ 300/@ (prazo)
vaca a R$ 283/@ (prazo)

MT-Cáceres:

boi a R$ 291/@ (prazo)
vaca a R$ 282/@ (prazo)

MT-Tangará:

boi a R$ 292/@ (prazo)
vaca a R$ 281/@ (prazo)

MT-B. Garças:

boi a R$ 290/@ (prazo)
vaca a R$ 280/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 291/@ (à vista)
vaca a R$ 281/@ (à vista)

MT-Colíder:

boi a R$ 290/@ (à vista)
vaca a R$ 280/@ (à vista)

GO-Goiânia:

boi a R$ 305/@ (prazo)
vaca R$ 293/@ (prazo)

GO-Sul:

boi a R$ 305/@ (prazo)
vaca a R$ 286/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 305/@ (à vista)
vaca a R$ 286/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 312/@ (prazo)
vaca a R$ 291/@ (prazo)

MG-B.H.:

boi a R$ 307/@ (prazo)
vaca a R$ 293/@ (prazo)

BA-F. Santana:

boi a R$ 305/@ (à vista)
vaca a R$ 296/@ (à vista)

RS-Porto Alegre:

boi a R$ 324/@ (à vista)
vaca a R$ 306/@ (à vista)

RS-Fronteira:

boi a R$ 324/@ (à vista)
vaca a R$ 306/@ (à vista)

PA-Marabá:

boi a R$ 283/@ (prazo)
vaca a R$ 276/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 283/@ (prazo)
vaca a R$ 278/@ (prazo)

PA-Paragominas:

boi a R$ 286/@ (prazo)
vaca a R$ 279/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 283/@ (prazo)
vaca a R$ 274/@ (prazo)

TO-Gurupi:

boi a R$ 284/@ (à vista)
vaca a R$ 272/@ (à vista)

RO-Cacoal:

boi a R$ 286/@ (à vista)
vaca a R$ 274/@ (à vista)

RJ-Campos:

boi a R$ 300/@ (prazo)
vaca a R$ 281/@ (prazo)

MA-Açailândia:

boi a R$ 280/@ (à vista)
vaca a R$ 266/@ (à vista)

Notícias
Desmatamento em MT foi reduzido em 86% num intervalo de 15 anos Mato Grosso conta com uma das maiores reduções de desmatamento no Bioma Amazônia. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2004 foram desmatados 11.814 km² e, em 2019 esse número reduziu 86%, passando para 1.702 km². Esse número está abaixo do limite estabelecido pelo Acordo de Paris, que é de 1.788 km². O governo
Acrimat debate com lideranças do agro e governo ações para combater queimadas A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) participou de uma live realizada nesta quarta (29) para discutir ações de enfrentamento da temporada de seca, prevenção e combate aos incêndios, principalmente no Pantanal Mato-grossense. Representando a entidade, a diretora executiva Daniella Bueno debateu com lideranças do agronegócio e com repr
MT registra aumento no valor da arroba produzida que para o sistema de recria-engorda o movimento foi contrário: houve alta no período de 6,68%, fechando o trimestre em R$ 158,69/@. O avanço expressivo desse sistema esteve atrelado, principalmente, ao desembolso com a aquisição animal. Este item representou 60,99% do CO e subiu 12,39% no trimestre. O principal fator para tal aumento é relac
Acrimat informa pecuarista sobre novas diretrizes da febre aftosa A Instrução Normativa Nº 48 foi publicada nesta quarta-feira (15), no Diário Oficial da União, e entra em vigor no dia 3 de agosto
Semana terminou com mercado do boi gordo calmo, mas firme A cotação do boi gordo encerrou a semana estável
Mercado do boi gordo: dificuldade de compra em preços menores A pressão de baixa sobre as cotações nas ordens de compra das indústrias paulistas surte pouco efeito.
Bom volume exportado de carne bovina na primeira semana de julho A média diária exportada ficou em 5,90 mil toneladas, frente às 5,79 mil toneladas em igual período de 2019
Carne é importante fonte de vitaminas e fortalece sistema imunológico, diz doutor em cardiologia O consumo de carne vermelha é essencial para uma vida mais saudável. Este foi a principal informação passada pelo mestre e doutor em Medicina, Dr. Iran Castro, um dos principais nomes da área da saúde no Brasil, que participou da 6º webinar realizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat). A live, promovida na noite desta terça (23)
“Mato Grosso é exemplo para o Brasil”, diz pesquisador da Embrapa Pesquisador do Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte da Embrapa (MS) há mais de 40 anos, o engenheiro agrônomo, mestre em zootecnia e doutor em genética, Antônio do Nascimento Ferreira Rosa, o Toti, foi o convidado da webinar da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) desta terça (16), que destacou a importância do melhoramento gen
Número de abates aumentou quase 30% em maio O setor pecuário vem mostrando bons resultados diante da pandemia do Covid-19, que tem causado problemas em diversas atividades econômicas. Dados divulgados pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) mostram retomada na oferta do boi gordo no mês de maio, quando foi registrado aumento de quase 30% no comparativo mensa
agência dream