65 3054 5323 Av. Ten. Coronel Duarte, 1585
Dom Aquino - Cuiabá / MT

Gado Facil

Notícias
Imea atualiza amostragem; número de animais confinados chega a 884 mil

números do confinamento em Mato Grosso, e com uma mudança na quantidade de informantes – agora são 186 confinadores relatando seus dados ao instituto -, houve um aumento significativo no número final de animais confinados: 884,8 mil cabeças de gado em confinamento, número 5,65% superior à estimativa de abril.

Com a divulgação do segundo levantamento das intenções de confinamento em 2021, foi possível atualizar o resultado do primeiro levantamento, realizado em abril. A estimativa, que era de 606 mil bovinos confinados, passou a ser de 837 mil animais confinados.

Segundo o Imea, apenas 149 informantes participaram do levantamento, representando 80,11% da amostra total. “Quando se compara com o consolidado de 2020 (também ajustado com a nova amostra), o resultado foi 7,57% acima do observado no período e 25,61% acima do mesmo período do ano passado”, divulga o documento.

A região Oeste de Mato Grosso é a líder no volume de animais confinados, seguida pela região Médio-Norte. “A aproximação geográfica com a produção dos grãos que se concentra nesses espaços é o que continua impactando para este cenário”, destaca o Imea.

A razão para mudança de cenário se deve ao fato do primeiro levantamento não contar com dados suficientes. À época, mais da metade dos informantes ainda estavam sem previsão ou indecisos sobre realizar o confinamento ou não.

Cenário
Em análise mais profunda, foi constatada que os confinadores de pequeno porte tendem a reduzir a quantidade de animais confinados por conta do elevado preço dos insumos e da valorização observada nas cotações dos animais de reposição; já os grandes confinamentos optaram por aumentar o seu rebanho de bovinos amparados pela valorização da arroba do boi gordo.

Este perfil geralmente se organiza com antecedência para realizar o confinamento dos animais”, ressalta o instituto.

Animais de reposição
Outro ponto que animou o mercado foi o recuo recente nos preços de algumas categorias dos animais de reposição, bem como o período atual da colheita do milho, principalmente nas regiões em que a disponibilidade desses insumos é de grande relevância.

Vale ressaltar que esse cenário mencionado trouxe boas perspectivas no curto prazo para o produtor e influenciou na sua tomada de decisão. No entanto, durante o levantamento, ao analisar o fechamento anual, as principais preocupações continuaram sendo pautadas no preço do boi gordo, da reposição e dos insumos.

Notícias
Mercado do boi gordo firme Nas praças paulistas o cenário foi de estabilidade na última quarta-feira (31/3), na comparação feita dia a dia.
Novos ajustes no preço da arroba do boi gordo o preço da arroba do boi gordo subiu
Novos ajustes no preço da arroba do boi gordo Segundo levantamento da Scot Consultoria, na última terça-feira (2/2), o preço da arroba do boi gordo subiu e ficou em R$302,00/@, preço bruto e a prazo, R$301,50/@ com desconto do Senar e R$297,50/@ com desconto do Senar e Funrural. Alta de R$2,00/@ em relação ao dia anterior. As cotações para a novilha gorda também registraram incremento na
Confinamento de gado em MT deve atingir os 709 mil A última previsão para confinamento em Mato Grosso mostra um aumento de 10% no comparativo com o levantamento anterior: 709 mil animais poderão ser confinados em todo o estado. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), as intenções de confinamento são quase 14% inferior ao mesmo período de 2019. As duas principais preocupa
Cerca de 70 milhões de animais devem ser vacinados contra febre aftosa em novembro Bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade devem ser imunizados, conforme o Calendário Nacional de Vacinação
Boi gordo: preços estáveis no início desta semana nas praças paulistas As praças paulistas começaram a semana (19/10) com os mesmos preços de sexta-feira (16/10). Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi gordo para o mercado interno permaneceu cotado em R$265,00/@, considerando o preço bruto e a prazo, R$264,50/@, com desconto do Senar e R$261,00/@ com desconto do Senar e Funrural. Dependendo da negociaçã
FRIGORÍFICO “BRIGA” POR BOI E ARROBA DISPARA PELO BRASIL Cadê o Boi Gordo? Frigorífico foi às compras e esquentou, ainda mais, o mercado do boi; Indústria paga mais pelo gado gordo para cumprir agenda de compromissos com importadores.
Pecuaristas discutem importância da suplementação na recria e engorda Na noite desta terça (25) a Associação dos Criadores de Mato Groso (Acrimat) reuniu na sua 15ª webinar dois dos mais experientes pecuaristas do estado, Amarildo Merotti e Aldo Rezende Telles, para debater o tema “Suplementação na recria e engorda: o que preciso saber para ganhar mais dinheiro” com o reconhecido zootecnista Flávio Dutra de Resende,
Principal atividade econômica do Pantanal, pecuária é solução para mitigar incêndios Uma das atividades mais antigas da região – remete à época da colonização do Brasil -, a história da pecuária e do Pantanal se confundem e se completam, tamanha a dependência que o bioma Pantanal tem da pecuária, e vice versa. “O Pantanal precisa mais do boi do que o contrário”, disse o pecuarista e presidente da Associação dos Criadores de Mato
MT vacina mais de 99% do seu rebanho contra a febre aftosa; rebanho cresce 2,13% A etapa de maio de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso imunizou 30.079.017 bovinos e bubalinos, o que corresponde a 99,67% do rebanho no Estado. É obrigatória nesta etapa a vacinação de animais de todas as idades, exceto na microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense e a zona de bloco I do plano estratégico para suspensão da vacinação.
agência dream