65 3054 5323 Av. Ten. Coronel Duarte, 1585
Dom Aquino - Cuiabá / MT

Gado Facil

Notícias
Programa Produção Sustentável de Bezerros beneficia pecuária de MT

Mais de 250 propriedades diagnosticadas, 211 análises de solo gratuitas realizadas em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa Assistência e Extensão Rural (EMPAER), 178 produtores participantes, além dos mais de 50 pecuaristas que receberam assistência técnica ambiental. Estes são os números do primeiro ano do Programa Produção Sustentável de Bezerros 2019, que atendeu produtores dos municípios de Paranatinga, Gaúcha do Norte e Ribeirão Cascalheira.

O programa é uma iniciativa da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), da Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) e do Grupo da Fundação Carrefour, que atendeu propriedades de pequeno e médio porte.

“Essa iniciativa se mostrou um sucesso, e é uma conquista para o setor produtivo. Por meio dele, mostramos que a Acrimat se preocupa em levar informação e qualificação aos nossos associados. O Termo de Adesão firmado com eles é totalmente sem custo e contempla uma vasta oferta de serviços voltados para a melhoria do rebanho. Estamos contentes e animados com o andamento dos trabalhos e as parcerias firmadas”, diz o presidente da Acrimat, Oswaldo Ribeiro.

Cada município contemplado possui uma equipe composta por técnicos da Acrimat, da Empaer e da Associação dos Profissionais da Pecuária Sustentável (APPS), além de apoio dos Sindicatos Rurais.

De acordo com o coordenador do Programa e consultor da Acrimat, Amado de Oliveira, foi feita uma força-tarefa para que o maior número de propriedades pudesse ser inserido na nova fase. “O retorno foi satisfatório, pois a receptividade dos produtores foi muito positiva. Hoje eles vêem que há possibilidade de aumento da produtividade dos seus rebanhos. Sem dúvidas, foi uma decisão acertada da diretoria da Acrimat selar essa parceria tão importante para a produção de gado de corte de Mato Grosso, especialmente buscando a produção sustentável no segmento de cria”, afirma o coordenador.

Ele cita que nas fazendas que recebeu a assistência técnica também ocorreu esclarecimentos e orientações quanto às questões relacionadas ao Sistema Nacional Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural (SIMCAR) – sistema eletrônico destinado à integração e ao gerenciamento de informações ambientais dos imóveis rurais -, e às questões fundiárias.

De acordo com os representantes do IDH, o suporte tanto na documentação obrigatória quanto na forma de intensificar sua produtividade fará com que o produto tenha um maior valor agregado. Nem tanto pelo valor final, mas pelo tempo que ele ficará para ser comercializado em sua propriedade. Aliado a isto, as leis que são regidas em nosso estado poderão ser cumpridas em menor tempo pelas parcerias que as instituições estão promovendo. O benefício final, por consequência, será aumentar a renda e a produtividade sustentável dos produtores rurais envolvidos no projeto.


Tecnologia e pecuária

“As regiões do Vale do Juruena e do Araguaia compreendem 11 municípios relevantes na produção de bezerros no noroeste e leste do Mato Grosso. Juntas, abastecem boa parte da cadeia produtiva da carne bovina no país, respondendo por mais de 40% da produção estadual de bezerros. Apesar disso, cerca de 91% dos fornecedores dessas regiões podem ser considerados extremamente carentes de tecnologia, com baixos índices de evolução da produção e da rentabilidade. O potencial e importância dessas propriedades se contrapõem à falta de recursos e informação”, diz a representação do Carrefour Brasil.

Segundo a empresa, existe uma “busca pelo aumento da eficiência da produção agropecuária e florestal, além da conservação da vegetação nativa e recomposição dos passivos ambientais, auxiliando na inclusão socioeconômica da agricultura familiar, na restauração de pastos degradados, na redução do desmatamento e no incentivo à agricultura de baixo carbono. O projeto também tem a expectativa de aumentar a renda dos agricultores, por meio de assistência técnica e acesso ao crédito, e garantir a conformidade ambiental”.



Como funciona

A zootecnista Josiani Marques de Jesus, supervisora do programa, explica que a fase de diagnóstico é essencial para selecionar os produtores conforme as premissas de participação. “Produzir bezerros de corte, sejam em sistema de cria ou de ciclo completo, onde se faz também a recria e engorda dos bezerros produzidos, são algumas destas premissas”.

Dentre outros requisitos para participar estão a necessidade dos pecuaristas interessados em possuir propriedades com pastagens entre 100 e 1000 hectares. “Porém, sempre avaliamos a propriedade como um todo, ou seja, é avaliada a capacidade de oferta total de alimentos aos animais”, diz a supervisora.

A segunda fase é caracterizada pela transferência de conhecimento e difusão de tecnologias, divididas em assistência técnica individual e assistência técnica em grupos operacionais. Nesta fase, foram realizadas 211 análises de solo em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa Assistência e Extensão Rural (EMPAER). “Aqui, é interessante destacar que o produtor não teve nenhum custo, toda o trabalho é feito gratuitamente”, explica Amado de Oliveira.

Em seguida, os participantes recebem assistência Técnica Ambiental, assessoramento Fundiário – aqui a Acrimat já tem diagnosticada a situação de todos as propriedades participantes do programa.

Notícias
China libera entrada de carne bovina do Brasil Os embarques para o país asiático estavam suspensos desde o dia 4 de setembro, quando o Brasil identificou e comunicou dois casos atípicos da Encefalopatia Espongiforme Bovina
Boi gordo: frigoríficos começam a armar as estratégias de compra de boiadas após reabertura do mercado chinês Cotações seguem estáveis em SP, segundo apuração da Scot Consultoria; arroba do macho vale R$ 312/@, enquanto a vaca e a novilha prontas para abate são vendidas por 293/@ e R$ 305/@, respectivamente
Com queda do milho, relação de troca boi gordo/grão tem melhora em MT O decréscimo mais intenso nas cotações do milho e do caroço de algodão registrado no comparativo entre os meses de agosto e setembro deste ano possibilitou a melhora da relação de troca entre a arroba de boi gordo e a saca desses produtos em Mato Grosso. De acordo com os dados do boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea
Mercado do boi gordo: compradores ausentes em São Paulo Com o feriado nacional na última terça-feira (12/10) e escalas já programadas para esta semana, o cenário foi de compradores ausentes no mercado na manhã da última segunda-feira (11/10). Com isso, em São Paulo, os preços ficaram estáveis na comparação feita com o levantamento anterior, de sexta-feira (8/10). Segundo levantamento da Scot Consu
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de Minas Gerais após embargo de 10 dias As compras haviam sido suspensas no dia 6 de setembro, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Indústria frigorífica ganha fôlego em MT Em meio às incertezas e ao risco do aumento no desemprego, o Governo de Mato Grosso sinaliza positivamente ao setor produtivo. A indústria frigorífica vem dando sinais de desaquecimento, com o enxugamento de parte das empresas, e elas têm reclamado nos últimos meses da necessidade de um auxílio por parte do governo. Pequenas e médias empresas
Pressão no mercado do boi gordo Em São Paulo, após a queda de R$2,00/@ do boi gordo e R$1,00/@ da novilha gorda no dia 24/8, a maior parte dos frigoríficos mantiveram os preços na última quarta-feira (25/8) na comparação feita dia a dia, com compradores fora do mercado. Embora estável, a pressão de baixa perdura. Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi, vaca e novilh
Imea atualiza amostragem; número de animais confinados chega a 884 mil números do confinamento em Mato Grosso, e com uma mudança na quantidade de informantes – agora são 186 confinadores relatando seus dados ao instituto -, houve um aumento significativo no número final de animais confinados: 884,8 mil cabeças de gado em confinamento, número 5,65% superior à estimativa de abril. Com a divulgação do segundo levantam
Frigoríficos com escalas de abate confortáveis em São Paulo As cotações ficaram estáveis na comparação feita dia a dia para todas as categorias em São Paulo, visto que boa parte dos frigoríficos estão com escalas de abates alongadas e, com isso, ficaram fora das compras na manhã de quarta-feira (18/8). No Sudeste de Rondônia houve estabilidade no preço do boi gordo, no entanto a cotação de vacas e novi
Como os confinamentos estão transformando bovinos em “atletas de alta performance”? Em entrevista ao Giro do Boi desta terça, 27, o engenheiro agrônomo Felipe Bortolotto, consultor técnico nacional de bovinos de corte da Cargill, compartilhou os resultados do 5º Benchmarking de Confinamento da companhia e explicou como os confinamentos estão aproveitando o ritmo de olimpíadas para transformar os bovinos, tanto machos como até as f
agência dream